Não há outra palavra para classificar a apresentação do livro “Festas da Agonia”, da minha autoria, nas instalações do Palácio Clemente, no Consulado-Geral de Portugal no Rio de Janeiro, com o apoio da Cônsul-Geral de Portugal na cidade maravilhosa, Gabriela de Albergaria. A luso-brasilidade esteve em grande, com a presença de vários membros da comunidade luso-brasileira, de autoridades dos dois países e de amigos e entusiastas da nossa cultura lusófona.

Nas imagens, é possível recordar este dia tão especial que celebra a conexão Brasil-Portugal em vários níveis. A obra foi apresentada pelo Dr. Flávio Martins, presidente do CP-CCP, pelo Dr. Ricardo Coelho, advogado e ex-presidente da Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro, pela fadista Maria Alcina, e pela embaixadora Gabriela de Albergaria.

O livro segue agora para Brasília, onde, com o apoio da Embaixada de Portugal no Brasil, através do Embaixador Luís Faro Ramos, será apresentado no dia 13/03, pelas 18h, e estará à disposição das autoridades e da comunidade portuguesa e luso-brasileira residente na capital brasileira. Certamente será outra grande oportunidade para celebrar as nossas raízes.

Por Igor Lopes

“Seminário: Turismo e desenvolvimento – As boas práticas do caso português”: uma manhã intensa de trabalho em prole do desenvolvimento do Turismo entre Portugal e o Brasil, numa iniciativa da Câmara Portuguesa do Rio de Janeiro com o associado Ensino Lusófona.
Aquando da visita da Secretaria de Estado do Turismo do RJ à BTL – Feira de Turismo de Lisboa, Sérgio Ricardo, Presidente da TurisRio e Ana Cazelato, Coordenadora de Feiras e Eventos da Secretaria de Estado, deslocaram-se à Universidade Lusófona para uma jornada de reflexão com Paulo Mendes Pinto, Diretor-Geral do Ensino Lusófona Brasil, António Abrantes – Secretário-Geral da Confederação do Turismo Português, e Mafalda Patuleia, Diretora do Departamento de Turismo da Universidade Lusófona.

Na importante BTL – Feira de Turismo de Lisboa, Paulo Mendes Pinto, Coordenador do Comité de Educação, Inovação e Cultura da CPCIRJ e Diretor-geral do associado Ensino Lusófona Brasil, com Gustavo Tutuca, Secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro, Sérgio Ricardo, Presidente da TurisRio e Ana Cazelato, Coordenadora de Feiras e Evento da Secretaria de Estado, aprofundando o conhecimento e desenvolvendo parcerias para um futuro de maiores intercâmbios entre os dois povos.

Aconteceu no Palácio de São Clemente – RJ, o lançamento do livro: Memórias em tempo de Amnésia, do Escritor e intelectual português Álvaro de Vasconcelos, titular da Cátedra José Bonifácio, na USP. Nesse âmbito, o investigador português irá conduzir pesquisas sobre o tema “Europa e América Latina num contexto de polarização mundial: caminhos e desafios sociais, políticos, económicos e culturais para uma cooperação necessária”, um tema da máxima atualidade.

Só nos conhecendo e dando-nos a conhecer comunicamos e criamos relações.
– Breve apresentação narrativa: A TAP é uma cia aérea líder em Portugal e é membro da Star Aliance desde 2005. Está no Brasil há 58 anos e atualmente oferece mais de 80 voos semanais, com saídas de 11 capitais. Em 2024 terá um esforço de voos, sendo atingido um novo recorde – serão 91 voos por semana, uma média de 13 por dia, reafirmando a TAP como a mais importante Cia Internacional a ligar o Brasil à Europa, a Cia Aérea europeia mais brasileira.

Só nos conhecendo e dando-nos a conhecer comunicamos e criamos relações.
– Breve apresentação: Schmidt, Valois, Miranda, Ferreira & Agel foi fundado em 2007 por sócios das mais tradicionais bancas brasileiras, com sólida experiência acadêmica e profissional em projetos de recursos naturais e infraestrutura, no Brasil e no exterior. Seguindo o padrão internacional dos mais importantes escritórios de advocacia, SVMFA foi o primeiro escritório brasileiro dedicado exclusivamente a recursos naturais e infraestrutura, com foco em petróleo, gás natural, energia, mineração, recursos hídricos, hotelaria, construção e operação de portos, terminais, plataformas, embarcações, dutos, equipamentos offshore, estradas e rodagens, project finance e financiamentos. O escritório é reconhecido por sua criatividade no exame de questões jurídicas e pela ética e qualidade na prestação de seus serviços.
– Qual o maior desafio da sua empresa na relação Brasil/ Portugal? Incrementar os negócios jurídicos entre países lusófonos